Robotáxis avançam: Waymo recebe aprovação para operar em Los Angeles

 William Schendes
William Schendes

A Comissão de Serviços Públicos da Califórnia (CPUC) aprovou na última sexta-feira (1), a expansão do serviço de robotáxis da Waymo na cidade de Los Angeles e mais regiões de Bay Area (Área da Baía de São Francisco).

Com a decisão, a empresa já pode implementar seus veículos robotizados em estradas e rodovias com uma velocidade de até 65 mph (milhas por hora), equivalente a cerca de 100 km/h.

Atualmente, a Waymo tem permissão para operar seus robotáxis, chamados de “Waymo One”, em Phoenix, São Francisco, Austin e Los Angeles.

Waymo robotáxi divulgação
(Imagem: Waymo/ Divulgação)

A medida chega após a Waymo ter enfrentado uma série de problemas envolvendo seus robotáxis. Em meados de fevereiro, a empresa controlada pela Alphabet (que também é empresa mãe do Google) precisou realizar um recall de mais de 400 veículos elétricos após a identificação de um problema de software que resultou na colisão de dois robotáxis em uma mesma caminhonete com poucos minutos de diferença.

Na época, a empresa disse que o sistema de direção automatizado dos veículos previu o movimento da caminhonete incorretamente e, com a atualização de software, esse problema seria resolvido.

O mesmo aconteceu com a Cruise, principal concorrente da Waymo, em outubro do ano passado, após diversos acidentes que incluíram o atropelamento de um pedestre.

Como reportou a CNBC, casos de colisões aumentaram as preocupações sobre uso de veículos autônomos na Califórnia, sendo que trabalhadores de serviços de táxi e motoristas de aplicativos estão preocupados em perder seus empregos para os veículos elétricos autônomos.

Em novembro, a prefeita de Los Angeles chegou a enviar uma carta para a comissão estadual da Califórnia dizendo estar preocupada com os impactos da expansão dos serviços da Waymo na cidade.

No entanto, a Comissão de Serviços Públicos da Califórnia escolheu a aprovação da proposta devido ao “Plano de Segurança de Passageiros” que foi atualizado pela Waymo, onde a empresa apresentou melhorias operacionais para que seu serviço fosse implementado.

À Wired, Julia Lima, porta-voz da Waymo, disse que a companhia adotará uma abordagem “cuidadosa e incremental” em sua expansão, além de trabalhar em colaboração com autoridades municipais, comunidades locais e parceiros.

SAIBA MAIS!

 William Schendes
William Schendes
Jornalista em formação pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Escreve sobre tecnologia, games e ciência desde 2022. Tem experiência com hard news, mas também produziu artigos, reportagens, reviews e tutoriais.
recomenda: