''My Deezer Year 2023'' revela músicas e artistas mais populares do ano (e muito mais)

Adriano Camargo
Adriano Camargo

O Deezer, assim como outras plataformas de streaming de músicas, anunciou suas listas de favoritos do ano e os resultados do "My Deezer Year 2023", compartilhando os artistas mais populares do ano. O mesmo vale para músicas e álbuns.

Muitas coisas aconteceram em 2023 em termos de música. Um álbum muito aguardado de Miley Cyrus chegou, e o mesmo vale para Bad Bunny, Lana Del Rey e outros. Até mesmo um novo álbum dos Rolling Stones foi lançado!

Maiores destaques de 2023

Mas quem foram os artistas mais populares do ano no Deezer? A resposta para isso é The Weeknd e Taylor Swift. The Weeknd foi tecnicamente o mais popular, mas é seguido de perto por Taylor Swift, que também é a artista feminina mais popular na plataforma.

O terceiro lugar é ocupado por Imagine Dragons, e na sequência temos David Guetta e Ed Sheeran.

'

Deezer sons músicas albuns artistas 2023
Destaques de 2023 (Imagem: Deezer)

E quanto às músicas? "Flowers", de Miley Cyrus, conquistou o primeiro lugar. "As it was", de Harry Styles, segue em segundo lugar, enquanto "Another love", de Tom Odell, está em terceiro.

O gênero mais ouvido foi POP.

Deezer sons lançamentos novidades músicas albuns artistas 2023
Mais destaques do Deezer em 2023 (Imagem: Deezer)

Com relação aos álbuns, RENAISSANCE, de Beyoncé, ficou em primeiro lugar, seguido por HEROES & VILLAINS, de Metro Boomin. Un Verano Sin Ti, de Bad Bunny, ficou em terceiro lugar, enquanto Harry Styles ficou em quarto lugar com Harry's House.

Novos artistas

A Deezer destacou Kenya Grace como a melhor artista a ser observada em 2024, seguida por Isabel La Rosa, Young Miko, Nia Archives e KHAID.

E você, concordou com os resultados?

FIQUE POR DENTRO!

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: