Twitch anuncia demissão de 500 funcionários

Adriano Camargo
Adriano Camargo

A plataforma de streaming Twitch acaba de anunciar a demissão de 500 funcionários, totalizando 35% de sua força de trabalho. A medida, segundo a empresa, é para otimizar operações e ajustar a empresa às demandas do mercado, refletindo a constante busca por eficiência.

Razões por trás das demissões

Dan Clancy, CEO da Twitch, esclareceu que a decisão de demitir foi impulsionada pela discrepância entre o tamanho atual da equipe e as dimensões econômicas da plataforma. A empresa, apesar de ser um ícone na transmissão de conteúdo, continua a operar com prejuízos, tornando urgente o ajuste nos custos operacionais.

Os esforços recentes para gerar receita por meio de anúncios não foram suficientes para equilibrar as despesas crescentes, principalmente devido aos altos custos associados à infraestrutura necessária para sustentar o aumento constante de usuários, tanto espectadores quanto criadores de conteúdo.

Twtich streaming
Twitch opera dando prejuízos (Imagem: freepik)

Histórico de cortes

Em março de 2023, a Twitch já havia enfrentado uma onda de demissões, dispensando 400 colaboradores como parte do amplo corte de 9.000 empregados da Amazon. A gigante do comércio eletrônico, que adquiriu a Twitch há uma década, tem implementado estratégias de reestruturação para alinhar seus recursos com o desempenho real da plataforma.

Em novembro, a Twitch viu o fim do canal Crown da Amazon, resultando em mais 180 demissões, reforçando os desafios financeiros que a plataforma enfrenta, apesar de sua popularidade na transmissão de jogos.

Foco nas operações sustentáveis

Além disso, a Twitch enfrentou desafios financeiros na Coreia do Sul, um mercado vital para os esportes eletrônicos. Dan Clancy revelou que os custos operacionais no país eram dez vezes superiores aos de outros locais, levando à retirada estratégica da plataforma desse mercado específico.

Essa decisão aponta para a pressão tanto interna quanto da matriz para otimizar os gastos.

Perspectivas para o Futuro

Ao abordar a demissão em massa, o CEO destacou que a medida é crucial para garantir a longevidade da Twitch. O novo quadro de funcionários foi projetado considerando as projeções de crescimento da plataforma nos próximos três anos ou mais, alinhando-se com expectativas conservadoras do mercado de tecnologia.

VEJA TAMBÉM:

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: