Sony congela produção do PSVR2 por vendas abaixo do esperado

Adriano Camargo
Adriano Camargo

A Sony resolveu interromper temporariamente a produção do seu óculos de realidade virtual PSVR2, enquanto enfrenta um acúmulo de unidades não vendidas, de acordo com fontes próximas à situação. Essa medida gera dúvidas na empresa sobre o futuro desse tipo de dispositivo.

O equipamento é um acessório vestível para o PlayStation 5, e suas vendas vêm diminuindo desde seu lançamento. A Sony, que anunciou o PSVR2 em fevereiro do ano passado, produziu mais de 2 milhões de unidades do dispositivo, conforme relatado por fontes anônimas.

PS5 VR2
Óculos VR2 (Imagem: Sony)

De acordo com o IDC, as remessas do PSVR2 diminuíram a cada trimestre desde sua estreia. O excesso de unidades está presente em toda a cadeia de fornecimento da empresa. No entanto, especialistas como Francisco Jerónimo, do IDC, preveem um potencial de recuperação para o mercado de realidade virtual nos próximos anos, especialmente com a entrada da Apple e seu Vision Pro.

Assim como a Meta, a Sony enfrenta dificuldades em atrair criadores de conteúdo e entretenimento para suas plataformas de realidade virtual. A recente decisão de fechar a divisão PlayStation London, responsável por jogos de realidade virtual, foi parte de uma série de demissões que afetaram diversos estúdios internos, incluindo a Guerrilla Games.

Analistas apontam que o alto preço do hardware VR é um dos principais obstáculos para sua adoção em massa. Além disso, a falta de jogos compatíveis e o custo elevado de desenvolvimento são desafios adicionais enfrentados pela indústria de realidade virtual.

Apesar das dificuldades, a Sony se mantém comprometida em expandir o conteúdo disponível para o PSVR2. A empresa anunciou planos para permitir que os jogadores acessem títulos de PC por meio dos óculos, demonstrando sua busca por soluções para impulsionar este mercado.

SAIBA MAIS!

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: