Microsoft ultrapassa a Apple e é a empresa mais valiosa do mundo

Adriano Camargo
Adriano Camargo

A Microsoft, segundo informações da Reuters, conquistou o posto de empresa mais valiosa do mundo, superando a gigante Apple.

Com um valor de mercado estimado em US$ 2,888 trilhões (cerca de R$ 14,15 trilhões), a Microsoft demonstra um crescimento impressionante, impulsionada pelas inovações em IA e por parcerias estratégicas.

Ascensão da Microsoft

Ao longo de 2023, os papéis da Microsoft tiveram um aumento impressionante de quase 50%, graças à colaboração estratégica com a OpenAI, criadora do ChatGPT. A integração de soluções avançadas de inteligência artificial, abrangendo texto, imagem e programação, mostrou que a empresa está investindo pesado nesse mercado.

Apple Smartphone
Disputa intensa das gigantes de tecnologia (Imagem: Reuters)

Outra plataforma da empresa, a Azure, especializada em serviços na nuvem, também desempenhou um papel crucial neste crescimento, mesmo enfrentando a concorrência pesada de gigantes como Amazon e Google.

Influência sobre a OpenAI

Com o grande investimento da Microsoft na OpenAI e com a saída repentina do CEO da empresa, Sam Altman, em novembro, a gigante mostrou sua presença quando o assunto é IA. A história, que durou algumas semanas, culminou na saída e no retorno de Sam para a OpenAI.

E a Apple?

Por outro lado, a Apple, que detinha a posição de empresa mais valiosa desde 2011, enfrentou alguns obstáculos em 2023. Seus papéis valorizaram-se apenas 27%, enquanto a empresa lida com a desaceleração nas vendas de iPhones (especialmente na China).

Apple empresa laptop
Queda nas vendas prejudicaram a Apple (Imagem: freepik)

O lançamento do headset de realidade aumentada Vision Pro - anunciado como principal aposta para 2023 - enfrenta outros desafios, como o (salgado) preço inicial de US$ 3.500 (cerca de R$ 17 mil).

Isso levou instituições financeiras, como Barclays e Itaú BBA, a rebaixarem as ações da Apple, destacando preocupações com o mercado chinês e desafios geopolíticos.

Modelo de negócios da Microsoft

Enquanto isso, a Microsoft mantém uma fonte estável de lucros por meio do licenciamento de software, proporcionando serviços recorrentes a uma base de clientes fidelizados.

Esse modelo de negócios robusto oferece estabilidade, diferenciando-se da Apple, mais vulnerável às oscilações do mercado.

Apple Microsoft empresas logos
A disputa das gigantes continua (Imagem; Reprodução)

Projeções de futuro

As projeções indicam que a Microsoft continuará capitalizando muito bem as soluções de IA, especialmente em seus serviços de nuvem. Enquanto a Apple investe em suas próprias soluções de IA, a Microsoft segue consolidando sua liderança, apontando para mais disputas e um futuro promissor.

VEJA TAMBÉM:

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: