Mais cortes: Snap está reduzindo em 10% sua equipe

Adriano Camargo
Adriano Camargo

A Snap, proprietária do conhecido app Snapchat, planeja demitir cerca de 10% de seus funcionários, já que a empresa continua lutando contra a queda no mercado de publicidade digital.

A empresa tinha cerca de 5.300 funcionários no início de 2023 e já havia cortado 20% de sua equipe em 2022, seguido de mais um corte menor de 3%, em 2023.

Snapchat demissões
Demissões no Snapchat (Imagem: Divulgação)

A Snap tem se esforçado para se expandir além de seu principal produto de redes sociais. Seus óculos de realidade aumentada nunca foram amplamente disponibilizados, e outros projetos de hardware, como um drone para selfies, foram descartados logo após o lançamento.

Mesmo os produtos lançados dentro do Snapchat, como o Spotlight, semelhante ao TikTok, e o serviço de assinatura Snapchat Plus, não conseguiram crescer no ritmo que a empresa esperava.

Enquanto isso, a empresa enfrentou os mesmos desafios que outras empresas de tecnologia e mídia nos últimos anos: um mercado de anúncios cada vez menor e os desafios de lidar com as limitações da Apple em relação ao rastreamento de usuários no iOS.

A receita da empresa aumentou no terceiro trimestre de 2023, mas isso ocorreu após dois trimestres de fortes quedas. O Snap está programado para relatar seus ganhos do quarto trimestre de 2023 amanhã, terça-feira (06).

Snap logo empresa
Empresa vem passando por dificuldades (Imagem: Snap)

A plataforma não disse onde as demissões seriam focadas. A empresa disse que os cortes foram feitos para "melhor posicionar nosso negócio para executar nossas maiores prioridades e para garantir que tenhamos a capacidade de investir para apoiar nosso crescimento ao longo do tempo". A Snap espera gastar até US$ 75 milhões em indenizações e custos relacionados.

Metas para 2024

Evan Spiegel, CEO da Snap, estabeleceu metas ambiciosas para 2024. A empresa espera aumentar o número de usuários diários em cerca de 17%, aumentar a receita de anúncios em 20% e dobrar o número de assinantes do Snapchat Plus em relação aos atuais 7 milhões, conforme relatado em outubro.

No entanto, a empresa tem falhado constantemente em suas próprias metas internas, ao mesmo tempo em que gasta muito dinheiro.

"Estamos reorganizando nossa equipe para reduzir a hierarquia e promover a colaboração pessoal. Estamos focados em apoiar os membros da nossa equipe que estão saindo e somos muito gratos por seu trabalho árduo e muitas contribuições para a Snap", disse Farrin Jay, porta-voz da Snap, em um e-mail para o The Verge.

SAIBA MAIS!

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: