Hackers afirmam ter roubado cerca de 200 GB da Epic Games

 William Schendes
William Schendes

O grupo de hackers Mogilevich afirma ter invadido os sistemas da Epic Games, desenvolvedora de Fortnite, roubando 189 GB de dados internos da companhia, incluindo “e-mails, senhas, nomes completos, informações de pagamento, código-fonte” e mais.

Como reportou o Cyber Daily - que descobriu o caso - os agentes da ameaça colocaram os dados numa página da darkweb, colocando um prazo até 4 de março para a Epic Games ou qualquer outra pessoa pagar pelos dados.

“Se você é funcionário da empresa ou deseja comprar os dados, clique em mim”, diz a página que direciona para um link de contato com o grupo.

O grupo não pediu um valor específico pelos dados e também não divulgou provas de que conseguiu invadir os sistemas da Epic.

Ao site The Gamer, a Epic Games disse que está investigando o caso e já entrou em contato com a Mogilevich para obter provas da invasão.

“Estamos investigando, mas atualmente não há nenhuma evidência de que essas alegações sejam legítimas. Quando vimos essas alegações, que eram uma captura de tela de uma página da dark web em um tweet de terceiros, começamos a investigar em poucos minutos e entramos em contato com Mogilevich para obter provas. Mogilevich não respondeu. A coisa mais próxima que vimos de uma resposta é este Tweet , onde eles supostamente pedem US$ 15.000 e 'comprovante de fundos' para entregar os supostos dados.”

- Epic Games ao The Gamer.

Confira o tuíte mencionado pela Epic Games:

Mogilevich tells me they are selling the data for 15K and will not provide proof of the breach unless you are looking to purchase it and show "proof of funds."Doesn't feel real. https://t.co/zTts0Zklfb

— Lawrence Abrams (@LawrenceAbrams) 27 de fevereiro de 2024

Segundo a publicação, o Mogilevich é um ator de ameaças recente, sendo que a Epic Games é apenas a quarta vítima do grupo. A primeiro ataque cibernético do grupo foi contra a Infiniti USA, subsidiária da Nissan, em 20 de fevereiro.

SAIBA MAIS!

 William Schendes
William Schendes
Jornalista em formação pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Escreve sobre tecnologia, games e ciência desde 2022. Tem experiência com hard news, mas também produziu artigos, reportagens, reviews e tutoriais.
recomenda: