Governo lança aplicativo para bloquear celulares roubados

Adriano Camargo
Adriano Camargo

Hoje (19), o governo apresentou o aplicativo "Celular Seguro", a fim de ajudar a proteger os aparelhos contra furtos e roubos. Disponível para download nas plataformas Google Play e App Store, o aplicativo, mesmo com o lançamento, ainda não está em pleno funcionamento.

Para utilizar o "Celular Seguro" é simples, os usuários devem baixar o aplicativo, realizar um cadastro prévio e registrar a ocorrência de roubo. Esse processo possibilitará o bloqueio imediato do telefone furtado assim que o usuário acessar outro dispositivo.

Bandido com smartphone bloqueado
Os smartphones terão mais uma camada de segurança (Imagem: freepik)

O aplicativo também oferece a opção de cadastrar uma pessoa de confiança, permitindo que ela bloqueie autonomamente o celular em caso de furto ou roubo. O objetivo é agilizar o bloqueio e evitar que o ladrão acesse dados do proprietário.

Como Funciona

- Instale o aplicativo "Celular Seguro" na Google Play ou na App Store;
- Faça o login usando a conta gov.br (CPF e senha são necessários);
- Após acessar o aplicativo, concorde com os termos de privacidade;
- Na página inicial, o usuário pode: indicar uma pessoa de confiança, registrar um número de telefone ou relatar uma ocorrência.

Como cadastrar uma pessoa de confiança

Ao acessar o aplicativo, o usuário preenche o cadastro da pessoa de confiança com nome, CPF, telefone e e-mail.

Como registrar um telefone

Clique em "Registrar Telefone" para cadastrar um dispositivo. Não há limite de dispositivos, mas todos devem estar registrados com o CPF do usuário.

Como Registrar uma Ocorrência

Em caso de roubo, preencha os seguintes critérios:

- Data;
- Tipo de situação;
- Hora;
- Estado;
- Cidade;
- Clique em "Emitir".

Ao finalizar o relato, será gerado um protocolo para o usuário acompanhar o andamento junto às instituições cadastradas no programa, como bancos e empresas de telefonia.

Furto e roubo de celulares

Em 2022, aproximadamente 1 milhão de celulares foram roubados ou furtados no Brasil, de acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Desse total, cerca de 508 mil foram roubados e 490 mil furtados. Esses números representam um aumento de 16,6% em relação a 2021.

VEJA TAMBÉM:

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: