Crimes cibernéticos em ascensão: Como empresas podem se proteger

Adriano Camargo
Adriano Camargo

O aumento dos crimes cibernéticos nos últimos anos tem levado as empresas a buscarem estratégias eficazes para proteger suas operações. Conscientização, treinamento, políticas de segurança e parcerias com especialistas em cibersegurança são fundamentais.

Com aproximadamente 64% das empresas brasileiras se tornando alvos frequentes de golpes e ataques digitais, um aumento de 7% em relação a 2023, a cibersegurança tornou-se uma prioridade crítica. A Apura Cyber Intelligence revelou um crescimento significativo no vazamento de senhas no Brasil, destacando a necessidade urgente de medidas preventivas.

Cibersegurança Pexels
Segurança cibernética é uma questão muito séria (Imagem: Pexels)

Importância da educação em segurança cibernética

Especialistas, como Rafael Julio dos Santos, da Belago, enfatizam a necessidade de conscientização e treinamento para funcionários. A implementação de políticas de segurança, uso de ferramentas de proteção e a criação de senhas fortes são essenciais. O monitoramento e detecção de ameaças são essenciais para uma resposta rápida a incidentes.

A Política Nacional de Cibersegurança

O recente anúncio da Política Nacional de Cibersegurança fortalece a postura do Brasil diante dos desafios cibernéticos. As diretrizes visam proteger infraestruturas críticas, dados sensíveis e informações confidenciais, ressaltando a importância de medidas preventivas no cenário atual.

Segurança digital 3
Brasil está preocupado com a segurança cibernética (Imagem: freepik)

Como as empresas podem se proteger

A fim de ajudar as empresas a se protegerem, reunimos algumas dicas de especialistas sobre o tema. Acompanhe:

1. Educação Continuada: Treinamentos regulares da equipe para identificar e neutralizar ameaças.
2. Infraestrutura Robusta: Investimento em proteções e firewalls avançados, antivírus e VPN para maior segurança.
3. Gerenciamento de Senhas: Uso de senhas fortes e gerenciadores corporativos.
4. Atualizações e Backups: Manutenção de sistemas atualizados e backups regulares.
5. Política de Resposta a Incidentes: Plano eficaz para uma resposta organizada a incidentes de segurança.

A implementação de boas práticas, parcerias estratégicas e a colaboração com especialistas são passos fundamentais na defesa contra ameaças online.

SAIBA MAIS!

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: