Apple planeja adicionar IA generativa à assistente Siri já em 2024

Sabryna Esmeraldo
Sabryna Esmeraldo

A Apple está planejando deixar sua assistente virtual Siri ainda mais inteligente. De acordo com informações publicadas por Mark Gurman, da Bloomberg, a empresa está trabalhando para adicionar recursos de Inteligência Artificial (IA) generativa à Siri já em 2024.

Em declarações anteriores, Tim Cook, o CEO da Apple, afirmou que a empresa já trabalha com essa tecnologia há alguns anos. Contudo, de acordo com Gurman, o repentino interesse no mercado de IA e o sucesso de plataformas como o ChatGPT pegaram a companhia de surpresa.

Uma siri profundamente integrada à IA

Siri IA
Siri deve ganhar recursos de IA até ano que vem (Imagem: Shutterstock / Tada Imagens e Getty Images / Funtap)

Segundo Mark Gurman, a Apple vem correndo contra o tempo no desenvolvimento de diversas ferramentas de IA, para "recuperar o tempo perdido". Mas uma das "estrelas" dessas novas ferramentas seria uma “versão mais inteligente da ‌Siri‌”.

Essa versão estaria profundamente integrada à IA e estaria sendo um dos focos dos departamentos de aprendizado de máquina e estratégia de IA e de engenharia de software da Apple. De acordo com a informação, a expectativa da empresa seria já trazer a novidade para o mercado em 2024.

Recursos IA para todos os dispositivos

Embora a Siri seja um dos principais focos dos esforços em IA da Apple, a assistente virtual com certeza não é o único. Segundo Gurman, os planos da empresa buscam desenvolver recursos de IA para toda a sua gama de dispositivos. E o orçamento para isso já beira o US$ 1 bilhão por ano em pesquisas de IA, segundo rumores.

A integração da IA na próxima versão principal do iOS é um dos outros projetos nos quais a Apple está focando sua atenção. Além disso, a empresa deseja integrar IA ao Xcode para ajudar os desenvolvedores a escrever códigos mais rapidamente.

"Como relatei pela primeira vez em julho, a empresa construiu seu próprio grande modelo de linguagem chamado Ajax e lançou um chatbot interno denominado “Apple GPT” para testar a funcionalidade. O próximo passo crítico é determinar se a tecnologia está à altura da concorrência e como a Apple realmente a aplicará em seus produtos", afirmou Gurman.

Outro passo que a Apple quer dar é estimular a produção de aplicativos com IA para sua loja. A empresa também está explorando a integração de recursos IA na Apple Music.

SAIBA MAIS!

Sabryna Esmeraldo
Sabryna Esmeraldo
Jornalista há mais de 10 anos, a Sabryna se especializou produzindo matérias e tutoriais sobre aplicativos e tecnologia. Consumidora ávida de streamings e redes sociais, adora descobrir as novidades deste mundo.
recomenda: