AMD desafia Nvidia com lançamento de chips de IA

Adriano Camargo
Adriano Camargo

A Advanced Micro Devices (AMD) anunciou o lançamento de seus mais recentes chips dedicados à inteligência artificial (IA), intensificando a competição com a Nvidia na corrida para fornecer semicondutores essenciais para o crescimento da tecnologia.

A empresa planeja disponibilizar esses chips à medida que os fabricantes de servidores os integram em seus sistemas. Empresas de computação em nuvem, incluindo gigantes como Microsoft e Oracle, estão se preparando para oferecer acesso a esses inovadores chips.

A Microsoft, por exemplo, já anunciou que os chips estarão disponíveis para avaliação dos clientes a partir desta semana.

Para Lisa Su, CEO da AMD, a IA é o futuro da computação. Ela comparou a revolução da IA ao impacto revolucionário da Internet, destacando a importância estratégica desse avanço tecnológico.

chipset placa-mãe processador
Chips de IA vão dominar o mercado nos próximos anos (Imagem: Pixabay)

Boas expectativas

A AMD está otimista com o novo produto, projetando uma receita significativa. No último balanço, a empresa estimou uma receita de US$ 400 milhões proveniente dos chips de IA no quarto trimestre e projeta mais de US$ 2 bilhões no próximo ano.

Essas projeções são impulsionadas pela crescente demanda por poder computacional, crucial para desenvolver sistemas avançados de IA, como o ChatGPT da OpenAI.

A Nvidia, até então líder no mercado de chips de IA, registrou expressivos US$ 14,5 bilhões em vendas na divisão que engloba seus chipsets no último trimestre. Essa performance representou um aumento significativo em comparação aos US$ 3,8 bilhões do mesmo período no ano anterior.

Esse salto impulsionou as ações da Nvidia, que, em junho, se tornou uma das raras empresas a atingir uma avaliação de mais de US$ 1 trilhão.

A AMD se junta a uma série de startups e gigantes tecnológicas que buscam capitalizar a crescente demanda por tecnologia de IA e desafiar a supremacia da Nvidia.

A Intel, por exemplo, já possui um conjunto de chips de IA no mercado, enquanto Amazon e Google estão investindo na fabricação de seus próprios chips dedicados. Recentemente, a Microsoft também anunciou a produção de seu chip de IA denominado Maia 100, reforçando ainda mais a competição nesse segmento em constante evolução.

FIQUE POR DENTRO!

Adriano Camargo
Adriano Camargo
Jornalista especializado em tecnologia há cerca de 20 anos, escreve textos, matérias, artigos, colunas e reviews e tem experiência na cobertura de alguns dos maiores eventos de tech do mundo, como BGS, CES, Computex, E3 e IFA.
recomenda: